Qual a geração do seu consumidor?

Qual a geracao do seu consumidor

Você sabe o que seu cliente gosta de comprar? Qual o meio de comunicação mais tem influência para ele? O que ele gosta de saber? Qual a tendência que ele será influenciado até qual o tipo de música e roupa e ele usa?

Isso tudo engloba o estudo do comportamento do consumidor. Com tudo isso, é possível compreender a jornada de compra e entender por que ele decidiu comprar determinada marca.

Isso quer dizer que você precisa conhecer melhor tudo o que ele pesquisa e até por que ele decidiu pensar em comprar um determinado produto naquele momento.

Vivemos em um mundo com diversas gerações e indivíduos com características e opiniões próprias, que têm capacidade de determinar qual será seu produto/serviço a ser consumido.

Cada geração tem uma forma de se se expressar e uma maneira diferente de consumir, atualmente são: Geração Baby Boomers, Geração X, Geração Y e Geração Z.

Você sabe dizer qual geração do consumidor os seus clientes se enquadram?

Geração Baby Boomers –  Nascidos entre 1940 e 1960

São aqueles foram marcados por grandes mudanças mundiais, como a Guerra do Vietnã, o surgimento de anticoncepcionais, os direito trabalhistas das mulheres e drásticas mudanças econômicas. Formaram uma geração que queria reconstruir o mundo.

Este perfil sempre enxerga o líder como “aquele que está no controle de tudo”, por isso são pessoas disciplinadas e fiéis com a cultura da empresa. São aqueles que pensavam na sua aposentadoria desde cedo, buscando estabilidade na carreira e valorizando o emprego fixo. Consequentemente, são leais a horários, compromissos, cargos, têm foco no resultado e são altamente competitivos. Por este motivo, para eles, a vida profissional é mais importante que a vida social.

 

Geração X – Nascidos entre 1960 e 1980

O que marcou esta geração foi a luta pelos direitos iguais, a liberdade de escolha, críticas aos sistemas econômicos e o uso de músicas para expressar suas ideias além de vivenciarem uma revolução política e social, através de fatos marcantes como o assassinato de Luther King, a Guerra Fria, a queda do Muro de Berlim, o surgimento da AIDS, entre outros.

As famílias dessa geração não eram tão estruturadas como a geração anterior, já eram comuns as famílias com os pais divorciados e mães trabalhando fora, fazendo com que os programas televisivos tivessem uma forte influência nas escolhas de produtos dentro de casa, visto que a maioria dos filhos ficavam em casa a maior parte do tempo e a TV era um entretenimento familiar.

No ambiente de trabalho, a geração X busca por lugares informais e com menor hierarquia, corre atrás de objetivos e não por prazos.

 

Geração Y – Nascidos entre 1980 e 2000

Essa é a geração que nasceu na tecnologia, são super antenados e querem as coisas de imediato, são donos das suas decisões e buscam ter um bom nível de formação. Se preocupam com o meio ambiente, com os direitos humanos, diversidade e o respeito das diferenças.

Grande parte dessa geração foi criada em creches ou pelos avós, o papel de pai e mãe não é tão presente, seus dias eram preenchidos com escola, cursos, esportes, etc. Tudo era pensado e feito para que tivessem um bom futuro.

Por estarem inseridos no mundo tecnológico, têm acesso fácil às informações, porém são impacientes, insubordinados, só fazem o que gostam, principalmente se perceberem que há alguma recompensa nisso.

Encaram o ambiente de trabalho como uma fonte de satisfação e não como renda. Não valorizam permanecer por muito tempo em uma única empresa, pois buscam pela liberdade e flexibilidade, procuram sempre estímulos para desenvolver suas atividades e não gostam de cobranças.

 

Geração Z – Nascidos após o ano 2000

São similares à geração anterior, porém, são imediatistas e multitarefa. Assistem, ouvem música, falam no telefone, escrevem e jogam, tudo isso ao mesmo tempo. Preferem estar conectados falando com os amigos o tempo inteiro do que ficar assistindo. A TV nessa geração é apenas para pôr um “barulho de fundo”. Sempre estão atentos às novidades tecnológicas e já estão acostumados com o avanço delas.

São altamente consumistas, influenciam sua família a comprar e ainda incentivam a adquirirem determinadas marcas. Procuram estar atentos às tendências, desde um produto diferenciado, até um novo hit musical.

No ambiente de trabalho, vivem um ritmo bem fragmentado com várias atividades ao mesmo tempo. São seletivos ao escolher as condições de trabalho e preferem jornadas com horários flexíveis.

 

Mostrar que está interessado nas “dores” e que está disposto a ajudar seus clientes, faz com que eles se sintam mais à vontade e se identifiquem com a marca, assim se tornando clientes ativos. Além disso, compreender o perfil do seu cliente ajudará você a tomar decisões importantes para o seu negócio, tais como:

  • Ter um atendimento diferenciado e personalizado;
  • Decidir o seu ponto comercial de forma estratégica;
  • Selecionar os produtos / serviços que mais chamam atenção do seu público;
  • Compreender o que leva o cliente a decidir uma compra;
  • Melhorar as campanhas publicitárias para ser mais assertivo nas mensagens;
  • Gerenciar ações de marketing;
  • Antecipar as tendências para o seu mercado

E aí? Já sabe qual é o seu público? Qual é a geração que está mais presente na sua empresa? Ter esta base de perfil do consumidor em mãos o ajuda a elaborar suas próximas estratégias para fazer seu negócio decolar. Se depois disso você precisar de ajuda para atingir esse público, fale com a gente!

Se você tem uma empresa de tecnologia também pode ler as Dicas de marketing de relacionamento para empresas que vendem software.

 SOBRE O AUTOR
Graduada em produção publicitária, diretora de arte da yard. agência de publicidade.