7 ferramentas que irão ajudar a organizar a sua empresa

Organizar, manter a comunicação alinhada e criar processos que ajudam no dia a dia da empresa é essencial para o crescimento de uma organização. Neste artigo, vamos indicar algumas ferramentas para empresas que irão somar ainda mais na produtividade da sua equipe e também ajudarão a alavancar o seu negócio!

1 – SLACK

O Slack é um sistema de comunicação empresarial, que pode também ser utilizado para fins pessoais, pois contém muitos recursos e a facilidade do uso  somada a interface agradável tornam o software ainda mais atrativo. Essa aplicação funciona por meio de canais, a partir daí cabe a você decidir qual é a melhor forma organizacional, se os canais serão divididos por assunto, por cliente, por departamento, por ele é possível enviar imagens e vídeos e também fazer integração como outros aplicativos, como o Trello.

2 –  TRELLO

O Trello é um serviço online muito popular e bastante utilizado pois é adaptável e pode servir para diversos tipos de empresas, de diferentes segmentos, além de proporcionar uso pessoal como: organizar tarefas domésticas, entre outros.

Sua interface consiste em “Boards” que depois de criados ficam na posição horizontal, pode-se dizer que eles são o título ou o tema do seu conteúdo que será organizado, por exemplo: Projeto de sistema X, Relatórios do cliente Y, Plano de viagem Z. Dentro dos “Boards” estão os  “cards” e dentro deles é permitido colocar anexos, inserir comentários e criar check lists que ajudão a controlar as etapas do seu objetivo.

Um exemplo básico de como organizar “cards” no Trello

3 – POSTGRAIN

O Postgrain é uma plataforma online paga que faz agendamentos de posts para Instagram, você pode testa-lo gratuitamente por alguns dias. Com ele é possível agendar posts de feed, stories, enviar e receber direct, além de um relatório completo sobre o crescimento do perfil e publicações.

4 – MAILCHIMP

É uma ferramenta muito utilizada no mercado do marketing e reúne uma série de vantagens, pode-se criar anúncios para Google, Facebook e Instagram, porém o item mais usado pelas organizações é a automação de e-mails. O E-mail marketing quando corretamente usado pode ser uma solução para alavancar o seu negócio e é nisso que o MailChimp se propõe ajudar.

5 – GOOGLE TAG MANAGER

Você ainda precisa colocar um monte de códigos no seu site quando se trata de acompanhamento de conversões, informações do LinkedIn e outras mais? o Google Tag Manager veio justamente para facilitar esse trabalho, por ele é possível criar e gerenciar Tags.

O Tag Manager proporciona uma interface amigável e muito didática, sendo muito mais seguro, pois com ele você tem acesso ao histórico de alterações, além de não correr o risco de apagar algum trecho errado do código do site.

6 – GOOGLE ANALYTICS

Está ferramenta do Google é uma das mais importantes que existem quando trata-se de analisar métricas de sites, como: visitas, tempo gasto pelos usuários, taxa de rejeição e também dados de redes sociais. Depois de configurado ele permite você ter acesso a uma gama vasta de recursos podendo monitorar em tempo real as visitas e coletar informações do seu público-alvo.

O Analytics possui uma variedade extensa de métricas

As principais métricas são:

Visitas

O número de visitas mostra o total  de vezes que o site foi acessado, independente se os usuários acessaram mais de uma vez, ele irá somar todos os acessos de todas as páginas.

Visitantes

São visitantes únicos, o período para controlar se o visitante é único ou não é configurável, mas por padrão o Analytics considera um prazo de seis meses, período que o cookie fica armazenado no dispositivo.

Visualizações de página

A soma de visualizações inicia-se quando um usuário acessa sua página, mas isso é diferente dele visitar seu site, essa métrica é considerada como uma métrica de vaidade ,visto que um site pode ter um número expressivo de visualizações de página e não propriamente de navegação e interação com outras páginas.

Taxa de rejeição

É quando o usuário acessa uma única página, são sessões que o usuário saiu sem navegar por outras páginas do seu site. Com os dados de números de visitas únicas da página e o número de vezes com apenas uma visita, o Analytics faz um calculo e retorna com uma porcentagem de rejeição.

Origens de Tráfego

Uma das métricas que mais ajudam os anunciantes a saber em qual mídia investir mais e onde efetivamente está o seu público, se eles vieram do Facebook ou da rede de pesquisa do Google por exemplo.

Busca orgânica

Mostra as palavras-chave que os usuários utilizaram para encontrar seu site em mecanismos de pesquisa como Google e Bing por exemplo.

Tráfego pago

São os visitantes que clicaram nos seus anúncios, se você tem uma campanha ativa no Google Adwords essa métrica mostra quantos visitantes você teve por meio do CPC (custo por clique).

Links

Essa métrica conta cliques de outros sites, se o seu está referenciado em qualquer outro como blogs e portais, entre outros.

Tráfego Direto

Quando o usuário digita o endereço do site na barra de navegação irá contar como tráfego direto.

7 – RD STATION

O RD Station é uma ferramenta online que gerencia e automatiza estratégias de Marketing Digital, fazendo uma automação completa, podendo controlar os visitantes, as oportunidades de negócio, além de monitorar as vendas e resultados.

Essa plataforma ajuda a transformar seus visitantes em “leads”, que são potenciais clientes, para que você possa monitora-los e nutri-los até a decisão de compra. Uma das grandes vantagens do RD Station é a verificação de resultados, poder medir e saber exatamente o retorno que cada canal e campanha está trazendo para sua empresa.

Um exemplo de leads gerados através de um pop-up implantado no site de um cliente da yard.

Funcionalidades:

  • Anúncios no Facebook
  • Mídias Sociais
  • Otimização para (SEO)
  • Landing pages, formulários e pop-ups
  • E-mail Marketing
  • Teste A/B
  • Automação de Marketing
  • Monitoramento de contatos
  • Gestão de contatos e Lead Scoring
  • Planos de sucesso
  • Análise
  • Marketing BI
  • Entre outras

E aí, curtiu as dicas? Quer saber mais sobre o RD StationSolicite uma demonstração do software.

Quer conhecer outras ferramentas para empresas? Fica ligado aqui no nosso blog, toda a semana temos um artigo novo.

 SOBRE O AUTOR