6 dicas simples de como reparar seu imóvel para locar ou vender

Dicas simples de como reparar seu imóvel para locar ou vender

Um imóvel recém reparado e em bom estado de conservação significa ter um aluguel competitivo e a garantia de que seu imóvel não ficará vazio por muito tempo. Quando nos referimos a “preparar o imóvel” não significa gastar horrores em reformas, pelo contrário, para vender um imóvel, faça reparos, não faça reformas grandes. Reparos são mais baratos, e deixarão seu imóvel mais perto da qualidade considerada ideal pelo consumidor. São os pequenos detalhes que impactarão a percepção do comprador.

Confira algumas dicas:

  • Para vender, deixe o imóvel, de preferência, vazio. No caso do aluguel, o apartamento semi mobiliado é muito atrativo para pessoas que pretendem permanecer um tempo menor na cidade e não querem se preocupar com o transporte ou a compra dos móveis. Cozinha semi mobiliada e um guarda roupa no quarto são itens importantes, porém, sempre dê preferência para móveis em bom estado. Remova todo e qualquer mobiliário que possua cupim ou mofo.
  • Reparos importantes: conserto de vazamentos, rachaduras e furos nas paredes ou forros. Paredes mofadas também precisam ser tratadas. Opte por cores neutras como bege, gelo ou branco nas paredes e no teto, pois elas dão a sensação de limpeza e amplitude nos ambientes.
  • Parte elétrica: Criar novos pontos de tomada em imóveis mais antigos é um ponto chave. Troque todas as capas dos pontos e de interruptores, por acabamentos novos, e brancos de preferência, isso dará um ar de renovação incrível no seu imóvel. Coloque luminárias básicas e neutras com design minimalista.
  • Piso: Caso haja carpet, remova-o e coloque um piso neutro como porcelanato ou laminados.
  • Para azulejos antigos nas paredes, existe a possibilidade de reparar eles e colocar por cima porcelanatos novos para dar um novo visual para o ambiente.
  • Limpeza é muito importante. Não é porque o apartamento está desocupado que não precisa ser arejado e limpo frequentemente.

Solicite a um profissional uma avaliação do imóvel, assim como a viabilidade financeira dos reparos e possíveis regularizações do imóvel. Nem todo imóvel é um bom candidato para uma reforma. Não adianta fazer muito reparos se o preço do seu imóvel vai ultrapassar o valor médio dos demais imóveis de metragem parecida.

 

 

 SOBRE O AUTOR
Graduada em arquitetura e urbanismo, consultora de arquitetura comercial da yard. arquitetura.